Em 1983, numa época em que ninguém acreditava que o mangá faria sucesso, um grupo de idealistas decidiu trabalhar e criar a ABRADEMI.
Desde a aprovação do seu Estatuto Social, e a efetiva fundação da ABRADEMI, ocorrida em 03/02/1984, já se passaram quase 30 anos. Muita coisa mudou, mas a ABRADEMI pode se orgulhar do seu pioneirismo no Brasil em todos os aspectos. Por exemplo, a ABRADEMI  ministrou a primeira aula de mangá do Brasil, fez o primeiro fanzine de mangá, o primeiro concurso de cosplay, o  primeiro evento de mangá e animê, a primeira exibição de animê, a primeira exposição, o primeiro Anime-kê, o primeiro AnimeDance, o primeiro concurso de mangá, o primeiro debate, etc. A lista é enorme!

A ABRADEMI realiza atividades sempre procurando elevar o mangá e o animê como verdadeiras manifestações de arte e cultura, e não apenas comércio, como vem sendo visto ultimamente.